terça-feira, 2 de julho de 2013

Saudade



Como é que pode dentro de sete letras
caberem tantos significados?
É; definições, frases,
pensamentos de diversas autorias
que se remetem a um mesmo sentir.
Ou seriam várias formas de sentir?
Como tantos sentimentos cabem e se resumem
numa única palavra?
Ou será que não se resumem?

Confuso.
Será que determinamos uma palavra
pra tentar facilitar
uma explosão de sensações
que não conseguimos explicar?
Não conseguimos nem mesmo
ter certeza do que sentimos, que dirá explicar.

Difuso.
A experiência da falta, do pesar, da não completude...
Incômodo.
Um misto de perturbações!
E quando me perguntarem
o que estou sentindo,
 deverei eu ser tão diminuta e suprimir tudo
numa única definição?
Não, não sou de definir, sou de sentir.

E sinto muito, aliás, por ser tão saudosa... 
Belma Andrade

8 comentários:

  1. Justamente por ser tão difícil explicar o que sentimos, que simplificamos tudo em palavras. Pensa só Bel, a complexidade que é sentir? Por isso que eu vivo fugindo. hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz mto bem se consegue fugir! Como não consigo, exprimo em palavras.............

      Excluir
  2. Lindo Bel, muito singelo e complexo, faz a gente pensar realmente no(s) significado(s) da saudade...
    Gostei por demais!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. own, brigadinha! Fico feliz que gostou :)))

      Excluir
  3. Uma explosão de sensações que só a poesia consegue explicar!

    ResponderExcluir
  4. Legal Belma, sempre se superando... li uma definição que gosto muito: Saudade é tudo que fica, daquilo que não ficou. Um abraço de Breboti.

    ResponderExcluir