quarta-feira, 17 de outubro de 2012


E quando sentes
Que teus pensamentos
Estão confiados
Por inteiro alguém,
O que fazes?

Sabe a alma?
Lá dentro, te falando
Que não é
Apenas de um corpo?
Que não se sente
Sozinha e ínfima?

E quando teu cheiro
Esparge-se com parcimônia
Inteiramente livre
Indo de encontro
Ao seu completar?

Na dúvida,
A quietude?
Ou a amplitude
Disso que te embrulha,
Arde-te, te contenta,
Completa-te, te dói...

Sabes do que falo, coração?
Sabes, eu sei que sim;
Aliás, o sentes!

Pois bem,
Solitário não estás,
Então corres atrás
E mantém...
Desse jeito forte,
Firme e futuro...
Ama, apenas.

Belma Andrade

6 comentários:

  1. Simplesmente perfeito!
    Tudo q precisava ler/ouvir hj.
    Lindo texto...

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  2. Ama apenas, terminou com a perfeição de tudo.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. posso dizer que me arrepiei (de novo) ?
    Simplesmente lindo, e forte!

    ResponderExcluir