terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

km saudosos

A saudade me saúda
Quando eu digo “- oi” pra tua falta.
O tempo corre
E escorre pelos meus olhos,
Fazendo com que
Eu seja cada dia que passa
Agraciada pela graça
De ter a quem amar.
E eu sei, que por mais
Que doa a tua ausência,
A nossa essência
Não deixamos abalar.
Deixo estar este tempo
Que tempera um gosto amargo
Entre estes quilômetros
Que não param de pesar.
Vamos cortar as horas,
Desregular o relógio
E saltar as estradas...
Vamos dar um basta
Na amarga saudade
Que de nós já não sabe

O que fazer pra confortar...


Belma Andrade

2 comentários:

  1. Que lindo Belma...vc é de Fortaleza msm..
    Abç.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Waleska.
      Não, não, sou de Pernambuco!
      Abç

      Excluir